Módulos solar

O módulo solar converte diretamente a energia da luz do Sol em energia elétrica. Cada módulo é formado por uma matriz de células solares de silício, associadas de forma a produzir a tensão e corrente desejada.

Os módulos geram energia em corrente continua e sua tensão varia em função do número de células. Os módulos mais comuns são de 36 células (18Vcc) ou 60 células (30 Vcc) e podem ser agrupados em sistemas de até 1000 Vcc. São extremamente resistentes com vida útil estimada acima de 30 anos e manutenção limitada.

As células que compõem um módulo solar apresentam atualmente 3 principais tecnologias:

  • Células Monocristalinas
  • Possuem aparência uniforme, de coloração azul escura ou preta, este tipo de célula é feito de um único cristal de silício. É o processo mais antigo e, portanto bem desenvolvido, eficiente e estável.

    monocristalina

  • Células Polycristalinas
  • Estas células são formadas por um aglomerado de cristais menores, de aproximadamente 1cm e formam um padrão irregular visível, o que identifica este tipo de célula. A presença de interfaces entre os vários cristais reduz um pouco a eficiência destas células. Na prática alcançam eficiência muito próxima das células monocristalinas, porém a energia necessária para produzi-las é significativamente reduzida.
    policristalina

  • Filmes Finos ou Amôrfo
  • Possuem coloração uniforme e quase preta, são produzidas através da deposição de uma liga de silício vaporizado sobre uma superfície plana. É o método de fabricação mais simples e barato, mas o de menor qualidade de resultados. Este tipo de célula, além de menor eficiência também apresenta menor vida útil se comparada com as demais.

    filme fino